"Se eu te pudesse dizer
o que nunca te direi,
tu terias que entender
aquilo que nem eu sei."
Fernando Pessoa

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Tango


Palco perfeito, o estrado.
Mesas de volta, miram-nos,
é a nossa vez, olhas-me confiante.
A postura é tudo, relembras.
Começa o violino. Estamos colados.
O mundo desaparece.
Compasso dois por quatro.
Com mestria, os oito passos.
Saídas, caminhadas, cruzamentos de pernas,
Arriscamos, ochos adelante, ochos atras.

Não vimos ninguém.
Presos na intensidade.
Atracção. Sedução.
Lábios quase a beijar. Desejo.
Meus olhos não te perdem.
Fazes o teu papel.
Empurras e voltas a meus braços.
Aumenta o prazer.
És minha, ali conduzo eu.
Violino a acabar.
Não resisto. É impossível.
Acabamos com os lábios a tocar.
 
Acordamos deste jogo.
São as palmas.
Coras ligeiramente.
Fomos comunhão.
Quem nos viu, percebeu.
É paixão.
 
 
esta semana repetimos?

6 comentários:

  1. O tango é uma dança que transpira sensualidade e paixão.
    Gostei muito deste dueto:)
    Deixo-lhe na companhia de Gotan Project
    https://youtu.be/S98-BIpzZuk

    ResponderEliminar
  2. É fabuloso, não é?
    Ele nunca tira os olhos dela. É um jogo forte e sedutor.
    Vejam o link de Gotan Project.
    Obrigado Sandra ;)
    Esta semana há mais :)

    ResponderEliminar
  3. Respostas
    1. ias gostar. é difícil pôr em palavras.

      Eliminar
  4. Não sei dançar o tango, mas tenho saudades de o dançar. :)

    ResponderEliminar
  5. Sabes eu acredito que a escrita nós dá o poder de dançar com quem e quando quisermos. E isso ninguém te pode tirar :)

    ResponderEliminar