"Se eu te pudesse dizer
o que nunca te direi,
tu terias que entender
aquilo que nem eu sei."
Fernando Pessoa

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Lenços de papel... e nada mais.

Cheguei tarde. Era domingo. Um cântico já ecoava. Dois acólitos e um padre em procissão rumo ao altar. Vi-os ao longe. Escolhi o penúltimo banco. Permaneci de pé. Só quando me sentei dei conta. Ao meu lado uma mulher sentada. Mãos nos olhos, cobrindo a cara e cabeça baixa junto ao colo. Era nova. Assim parecia. Tinha sapatilhas e saía pouco abaixo do joelho. Assim permaneceu, mãos nos olhos, cobrindo a cara e cabeça baixa junto ao colo. Não demorei, estava a chorar em surdina. Era casada, tinha aliança. Marido nem vê-lo. Se feliz ou não, não sei. Cabelo bonito, caracóis, em dois tons. Pensei que se tirasse as mãos lhe leria os olhos. Mas como? Orações, cânticos e leituras. Permanecia, mãos nos olhos, cobrindo a cara e cabeça baixa junto ao colo. Lembrei os lenços no meu bolso. Porque chora? Tristeza denunciada ou alegria na satisfação de uma prece. Segue o sermão. Ganhei coragem. Toque lento no ombro. Finalmente os olhos, molhados, carregados, claros. Ofereço os meus lenços. Agradece num ligeiro corar,  como quem só agora percebeu que há mais gentes no mundo. Não li os olhos. Eram claros. Não há dúvida. As lágrimas toldavam a vista dela e a minha. Fiquei a pensar. Seria tristeza ou alegria. Queria ajudar. Nenhum gesto faria sentido. Só a gentileza dos lenços. Que impotência. Não gosto de ver mulheres chorarem. Quase ao fim a luz. A cara, aquela cara. Aqueles olhos. Eram conhecidos. Memória longínqua. Tinha mais uns 10 anos que eu. Era professora. Começou estava eu a sair do secundário. Será que me reconheceu?

4 comentários:

  1. esperemos que não chore, ainda...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pena só lhe ter dado um lenço. não gosto de mulheres a chorar. um abraço talvez. seria tudo alvo de errada interpretação.

      Eliminar
  2. conta corrente, o choro nas mulheres recolhe opiniões ambivalentes.
    Há os que dizem que a mulher tem de ter algo de triste, algo que grita, algo que chora... Sim, e também acho isso em relação aos homens.
    Bom feriado!

    ResponderEliminar
  3. não acredito nessa fragilidade forçosamente imposta às mulheres. o choro é da natureza humana. só não gosto.

    ResponderEliminar