"Se eu te pudesse dizer
o que nunca te direi,
tu terias que entender
aquilo que nem eu sei."
Fernando Pessoa

domingo, 4 de setembro de 2016

Dia mau

Os sinais estavam lá todos. A excitação, os suores, a mão a tremer. Todos lá, e eu não vi.

Grande noite. Companhia perfeita, conversas perfeitas. O álcool corria, fluía, e fazia o seu papel. Não me lembro nem da hora nem do nome da discoteca. Dois pisos, música a transbordar. Ida breve ao banheiro. Ela aliciou-me. Nem me lembro da cara. Mas com ela tinha a magia, e quis partilhar. É aquela fracção de segundo. Digo sim. Saudades. Sensação tão boa. Euforia. Poder. Excitação. Bate rápido o coração.

Aguentei 21 anos. E mesmo assim cai na armadilha.
Quebrei uma promessa. Quebrei uma regra. Não me julguem. O que estava bom, ficou muito melhor.

O que doeu não foi a ressaca. São os dias seguintes. A alegria dá lugar à maldade. A excitação à tristeza. Não há noção de realidade. Instala-se o caos na cabeça. Cada conversa uma discussão. Há a necessidade de mais. Mas NÃO.

Aos que amo desculpem. Aos outros desculpem.

O doutor amigo acalmou-me. Segunda-feira lá estou.

Tudo estava tão bem. O exercício, o regresso à leitura, a escrita, tudo. Estava tudo controlado. Não estava.

Somos o que somos. Talvez fique mais forte. Não quero perder o que demorou anos a fazer.

Recomecemos. O teatro de personagens a desfilar. O mau feitio. As defesas bem alto. Foi assim que sobrevivi até aqui. Assim será. Falhei. Sim. Voltarei mais forte.

Pago caro o passado. É assim. É o preço a pagar.

Hoje estou melhor. É só manter a cabeça ocupada. Parece fácil. Há balizas.

Lembrei-me que todos os outros morreram. Nos próximos dias será assim. Os momentos a só são para chorar. Vai passar. O tempo joga do meu lado.

Não é fácil. Recomeço cansado.

É a vida que nos faz.

4 comentários:

  1. As pessoas não devem ser julgadas por caírem, mas sim pelo que fazem para se levantarem de novo...

    Forte abraço

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) obrigado hoje é esse mesmo o espírito.

      Eliminar
  2. conta corrente, nós não podemos controlar tudo ao pormenor e também é bom que tal aconteça. O sabor do momento não deve ser subestimado. Afinal, é importante conseguir integrar bem, sem penalizações, o que se vive à margem da planificação.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, não há como controlar tudo. É a vida a girar.

      Eliminar