"Se eu te pudesse dizer
o que nunca te direi,
tu terias que entender
aquilo que nem eu sei."
Fernando Pessoa

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Desabafos de um dia cansado...

Irrita-me, e adoro (em simultâneo), que os meus pais me liguem a qualquer hora do dia para me contaram histórias do seu dia-a-dia de reformados, achando claro que eu a trabalhar tenho todo o tempo do mundo para as suas aventuras.

Não percebo a dificuldade económica de perceber que uma economia baseada em baixos salários gera mais desigualdade social e maior pobreza com o passar dos dias.

Tenho pena (mas não sincera) de terem "saído cá para fora" os Panama  Papers, e agora os Bahamas Leaks, e o meu nome não aparecer em nenhum.

Desabafos de quem está cansado...

6 comentários:

  1. E já disseste isso aos teus pais, conta corrente?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)
      a última vez foi cerca de 1h30m quando fazia o jantar que queimou, porque o meu pai me queria contar as maravilhas do hotel no Algarve, e do seu magnifico buffet :)

      Tenho que os estimar enquanto estão cá, não são nada novos, só de espírito.

      Acho graça que pensem que todo o mundo gira à velocidade deles.

      Eliminar
    2. Entendo... Mas há formas de dizeres sem magoares.

      Eliminar
    3. Expliquei-me mal, não foi 1h30m que o meu pai me ligou, foi à cerca de 1h30m.

      Claro que sim Isabel, não os vou magoar com isso, nem tão comento isso com eles. :)

      Eliminar
  2. Os pais podem ser uns chatos! :D
    A minha mãe liga-me todos os dias à hora do almoço! Para dizer nem eu sei o quê. No outro dia não ligou e eu dei por mim a reclamar com ela, por o não ter feito.

    É isso, temos de os estimar enquanto eles cá estão, mesmo que sejam assim chatinhos. :))

    ResponderEliminar
  3. também adoro estas coisas de pais.
    a minha mão liga-me todos os dias duas vezes. a primeira porque é sempre a primeira; a segunda porque se esquece sempre de dizer alguma coisa :)

    ResponderEliminar